Província do Espírito Santo: sua descoberta, história cronológica, sinopse e estatística, de Basílio Carvalho Daemon (1879)

24/04/1655: Carta para o Capitão-mor da Capitania do Espirito Santo Simeão de Carvalho
16/08/2016
[Ilha de Duarta de Lemos], de Luis Teixeira (ca. 1586)
24/08/2016

Referência

Disponível em: . Acesso em: .

Encontrou um erro?

 

do : sua , cronológica, sinopse e , de Basílio Carvalho Daemon ()

Em 1879, Basílio Daemon imprimia na tipografia d’O Espírito-Santense a sua obra de 513 páginas: “Província do Espírito Santo – sua descoberta, história cronológica, sinópsis e estatística”. Nas primeiras páginas vinha colado um retrato seu, ao natural e impressa a dedicatória do livro a Sua Majestade, o Imperador.

Esse livro que Afonso Cláudio classificou de “crônica ao gosto quinhentista”, lamentando que o autor não tenha se orientado pelas normas do alemão Creuser e estendido as investigações ao campo da antropologia, vem servindo a algumas gerações. A sua 1ª parte consta de estudos e esforços para fixar a descoberta do Espírito Santo. A 2ª parte, iniciada cronologicamente em 1504, abrange, até 1879, todos os fatos mais importantes acontecidos em nossa terra capixaba, nesse espaço de tempo. A 3ª e última parte é uma descrição topográfica e estatística, com nomenclaturas.

Livro obrigatório como fonte de pesquisas ficou sendo privilégio de uns poucos bibliófilos que fecham a sete chaves os remanescentes da única edição com medo que o papel se desmanche nas mãos dos leitores descuidados. Está a merecer uma re-edição fac-similada, com notas-ao-pé-da-página. Penso o quanto seria enriquecida a edição com ilustrações e as notas que Mário Freire deixou a lápis, em letra miudinha, no exemplar que possuía.

Loader Loading…
EAD Logo Taking too long?
Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [3.37 MB]