17/07/1693: Carta para Sua Magestade sobre Antonio Paes de Sande ir governar o Rio de Janeiro e dali passar ás Capitanias do Sul para pôr em arrecadação os quintos de ouro de lavagem

Referência

DOCUMENTOS Históricos. Provisões, patentes, alvarás, cartas. 1692-1712. Vol. XXXIV. Rio de Janeiro: Typ. Arch. De Hist. Brasileira. 1936, p.157. Disponível em: . Acesso em: .

Créditos

Acervo Biblioteca Nacional

Encontrou um erro?

 

17/07/1693: Carta para Sua Magestade sobre Antonio Paes de Sande ir governar o e dali passar ás para pôr em arrecadação os quintos de de lavagem

Senhor. Por carta de Vossa Magestade de 15 de Janeiro deste anno foi Vossa Magestade servido de nomear Antonio Paes de Sande do seu Conselho Ultramarino Governador da por fiar da sua grande experiência, cuidado, e acerto com que sempre serviu a Vossa Magestade e que lhe daria boa conta de tudo o de que fosse encarregado, e lhe ordenou passasse ás Capitanias do Sul, que eram da jurisdição deste Governo Geral para pôr em arrecadação a Fazenda de Vossa Magestade que tocava aos quintos do ouro de lavagem, para cujo effeito della mesmo mandara fazer toda a despesa, que lhe parecesse necessário, e pela confiança que delle fazia, lhe encarregava tambem o exame, e averiguação das de ouro, e prata de , , e de Sabarabussú, como se me tinha avisado pelo Conselho Ultramarino para que lhe não puzesse impedimento, antes lhe desse toda a ajuda e favor, parecendo a Vossa Magestade avisar-me desta resolução.

Todas as que Vossa Magestade tomar, são para mim preceitos invioláveis, para logo os dar a execução, e assim tanto que recebi a carta de Vossa Magestade logo avisei a Antonio Paes de Sande que me mandasse dizer, que ordens queria, ou o em que o poderia ajudar no serviço que ia fazer a Vossa Magestade e que disso tinha eu ordem expressa. Respondeu-me que já não ia a essa Comissão, porque já estava desvanecida, com que por esse respeito, não tenho obrado nada neste particular. Vossa Magestade mandará o que for servido. A Real Pessoa de Vossa Magestade guarde Nosso senhor como Vassallos havemos mister. 17 de Julho de 1693.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.