Figurões da terra : trajetórias e projetos políticos no Espírito Santo de oitocentos, por Rodrigo da Silva Goularte

Podcast 008: O Espírito Santo na Independência do Brasil, com Rodrigo Goularte
13/07/2021
Portos e Sertões: a província do Espírito Santo e a emancipação da América Portuguesa (1815-1825), por Rodrigo da Silva Goularte
13/07/2021

Referência

GOULARTE, Rodrigo da Silva. Figurões da terra : trajetórias e projetos políticos no Espírito Santos do Oitocentos / Rodrigo da Silva Goularte. – Vitória, ES : Edifes, 2017. Disponível em: . Acesso em: .

Créditos

Rodrigo da Silva Goularte, Ifes: https://repositorio.ifes.edu.br/handle/123456789/299

Encontrou um erro?

 
Compartilhe:

Figurões da terra : trajetórias e projetos políticos no de oitocentos, por Rodrigo da Silva Goularte

Dissertação de Mestrado

Resumo: Como fruto da descentralização política promovida pelo Ato Adicional de 1834, todas as províncias brasileiras puderam instalar uma Assembléia Legislativa. No caso do Espírito Santo, este trabalho defende a hipótese de que os indivíduos que ocuparam o parlamento regional possuíam, em seu passado, carreiras profissionais e políticas que lhes conferiram treinamento e conhecimento da realidade regional e nacional, possibilitando-lhes desempenhar seus papéis de deputados provinciais. As trajetórias políticas foram feitas dentro dos quadros administrativos da província. Profissionalmente, os deputados de 1835 estiveram envolvidos em três carreiras: a militar, a eclesiástica e a burocracia civil. O capital político promovido por essas trajetórias permitiu-lhes permanecer no cenário político provincial até meados do XIX e atender a muitas das demandas regionais.

Palavras-chave: Elites; Império; Província; Trajetórias


Download

Loader Loading…
EAD Logo Taking too long?
Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [1.65 MB]

 

1 Comment

  1. […] Livro Figurões da terra : trajetórias e projetos políticos no Espírito Santo de oitocentos, por Rodrigo da Silva Goularte […]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.