Referência

DOCUMENTOS Históricos. Provisões, Patentes, Alvarás. 1693-1695. Vol LVI. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional. 1943. p.169. Disponível em: . Acesso em: .

Créditos

Acervo Biblioteca Nacional

Encontrou um erro?

 

16/04/1660: Carta de Sua Majestade acerca da morte do Capitão-mor da Capitania do Espírito Santo João de Almeida Rios

Francisco Barreto, Governador amigo. Eu El-Rei vos envio muito saudar. Havendo mandando ver uma petição de queixa que aqui se me fez por parte de Dona Vicencia da Silva, viúva do Capitão João de Almeida Rios e de seu irmão Francisco Fernandes Rios em que referem a morte violenta com um bocamarte que seu deu ao dito seu marido e irmão sem ter lugar de se confessar, estando servindo de Capitão da Capitania do Espírito Santo e saindo do colégio dos religiosos da Companhia e isto por haver mandado prender por vossa, ordem a Diogo Garcia de Aranzedo e a Bernardo Aires, e querer fazer o mesmo em outros que se ausentaram por serem todos cabeça de motim e não quererem dar cumprimento ao que lhes ordenou de vossa parte, os quais para o dito efeito induziram a um serralheiro que foi o que lhe atirou e estava banido pela Relação da Bahia, tendo-o para isso escondido em suas fazendas; e porque o caso foi mui escandaloso e convem castigar-se com toda a demonstração de justiça, vos quis encomendar muito e mandar como por esta faço, que façais logo ver e sentenciar as Devassas que sobre êle se têm tirado, ordenando que se faça justiça em um caso e se sentencie conforme a ela, mas que se não publique nem execute sentença sem me avisardes e dardes primeiro conta disso com a cópia da mesma sentença para a mandar ver e me ser tudo presente por ser o caso digno de exemplar castigo. Escrita em Lisboa a dezesseis de Abril de mil seiscentos e sessenta. Rainha. O Conde de Odemira. Para o Governador do Brasil. Primeira via. Bernardo Vieira Ravasco.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.