17/12/1552: Mandado para Francisco de Oliveira que pagasse ao Padre Gomes Ribeiro
04/12/2015
10/03/1553: Provisão para ver quão desprovidos estavam os Engenhos das Capitanias do Espírito Santo, Porto Seguro e Ilhéus
04/12/2015

Referência

DOCUMENTOS Históricos. Mandados, Alvarás, Provisões, Sesmarias, 1549-1553; Cartas dos Governadores Geraes, 1692-1698. Vol. XXXVIII. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional. 1937, p.116. Disponível em: . Acesso em: .

Créditos

Acervo Biblioteca Nacional

Encontrou um erro?

 
Compartilhe:

08/03/: Mandados para Pero de Pina que desse ao Espinoza, e Megera Castelhano e outrossim para Francisco de Oliveira

Versão 11. Mandados, Alvarás, Provisões, Sesmarias, 1549-1553; Cartas dos Governadores Geraes, -. Vol. XXXVIII. : Biblioteca Nacional. 1937, p.116.:

A oito de Março de mil quinhentos, e cinquenta, e três [1553] passou o Provedor-mor dois mandados para Pero de Pina Feitor da Capitania de , que desse ao Espinoza, e Megera Castelhano na dita Capitania morador todo o resgate, que houvesse mister para ir pelo Sertão a descobrir por do Governador Thomé de Souza; e bem assim outro para Francisco de Oliveira Feitor, e Almoxarife do Espírito Santo, que da mesma maneira desse a , morador na dita Capitania todo o resgate, que houvesse mister para ir outrossim ao Sertão por mandado do dito Governador, e que por ele, e seus conhecimentos leitos pelo Escrivão de seus Cargos assinados por ambos, em que declarassem a soma, que dos ditos feitores recebessem lhe sejam Levados em Conta.

Versão 22DOCUMENTOS Históricos. Mandados, Provisões, Doações, -. Vol. XIV. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional. 1929, p.305-306.:

A oito de Março de mil quinhentos, e cinquenta, e três passou o Provedor-mor dois mandados para Pero de Pina Feitor da Capitania de Porto Seguro, que desse ao Espinoza e Megero Castelhano na dita Capitania morador todo o resgate, que houvesse mister para ir pelo Sertão a descobrir por mandado do Governador Thomé de Souza; e bem assim outro para Francisco de Oliveira Feitor, e Almoxarife do Espirito Santo; que da mesma maneira désse a Manuel Ramalho [Há um espaço em branco] morador na dita Capitania todo o resgate que houvesse mister para ir outrossim ao Sertão por mandado do dito Governador, e que por ele, e seus conhecimentos feitos pelo Escrivão de seus cargos assinados por ambos, em que declarassem a soma, que dos ditos Feitores recebessem lhe sejam levados em conta.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.